Buscar
  • Fisioterapia Tavares

Qual a importância do sutiã pós-cirúrgico?


O sutiã pós-cirúrgico é peça essencial para um pós-operatório bem sucedido. É indicado após intervenções cirúrgicas nos seios e deve ser usado para que se crie um ambiente adequado de cicatrização dos pontos (incisão) prevenindo possíveis alargamentos, rompimentos (deiscências) e hipertrofias (quando a cicatriz fica em alto relevo).


Ele auxilia na adaptação do corpo ao novo tamanho do seio (acomodando os tecidos ao redor do implante mamário), proporcionando uma melhor sustentação e proteção, para que os tecidos se adaptem, prevenindo também uma flacidez da pele.


Ele é um tipo de terapia compressiva e o tempo de uso deste recurso não é o mesmo para todos.

Cada caso precisa ser analisado individualmente. Algumas pessoas precisam usar o sutiã por mais tempo. Sim, usar mais tempo pode garantir que a cicatriz amadureça e estabilize da maneira desejada: bem fininha e quase que imperceptível.


Muitas pessoas acreditam que tem problemas na cicatrização, porém na maioria dos casos não é o organismo que cicatriza de maneira ruim e sim o uso inadequado ou a falta do uso pelo tempo necessário do sutiã que leva a cicatriz a ter um aspecto indesejado. E por que isso acontece? Acontece pelo fato de que a cicatriz precisa de alguns meses até adquirir uma resistência e se consolidar. Enquanto ela está se formando, se removermos o sutiã antes do tempo assim outros recursos de contenção de cicatriz, deixaremos uma cicatriz imatura e portanto susceptível à alargamentos e demais alterações sem proteção e, assim quando voltarmos a rotina e movimentação normal a cicatriz não aguenta e se altera.


O uso de protocolos (de remover sempre com 1 mês ou 2 meses) podem acarretar na remoção precoce desta terapia compressiva (sutiã) e pode prolongar o período de cicatrização e ainda prejudicar o resultado esperado. Tenha sempre um profissional qualificado para te acompanhar e auxiliar seu organismo nesse processo de formar uma cicatriz bem funcional e discreta. Cada vez mais isso é possível, basta escolher bem seu cirurgião e seu fisioterapeuta que se aprofunda no conhecimento sobre tecidos cicatriciais e te trata de maneira INDIVIDUALIZADA.


0 visualização

Entre em contato

com a gente

SHIS QI 05, Bloco D, Ed. Hangar 5 - Lago Sul

Brasília-Df. Cep: 71.615-485

fisioterapiathays@gmail.com

(61) 3365-1235   |   (61) 992828710  (61) 99672-9032