Buscar
  • Fisioterapia Tavares

Qual a importância do Pós Operatório na Mamoplastia?


Após a cirurgia, a fisioterapia deve ser voltada para recuperação e formação funcional dos tecidos cicatriciais que influenciará diretamente no aspecto das mamas e das cicatrizes que serão formadas ló GO após a finalização do procedimento cirúrgico.

Para que cuidar destes tecidos cicatriciais?

Eles não serão formados independente de qualquer coisa? Sim.


Porém a estrutura formada, o formato adquirido e tipo de cicatriz que ficará depende sim do tipo de tecido formado desde o início até a maturação deste tecido, que é quando ele se torna mais estável e consolidado a ponto de não alterar-se mais com tanta facilidade.


A fisioterapia voltada para a prevenção de alterações e reabilitação das alterações já apresentadas interfere diretamente nos resultados finais das cirurgias de mama, plásticas e reconstrutivas.


A mama é um anexo, as cicatrizes sustentam todo o peso da mama e sentem as movimentações, a falta de uma abordagem ou uma abordagem inadequada pode não ajudar nesta formação tecidual de maneira equilibrada, sutil, funcional e esteticamente bem formada e se tornar um motivo de insatisfação.


As incisões sofrem tração em todos os vetores de força, o que em um tecido imaturo é um fator determinante para as alterações visuais e funcionais. Assim como a sustentação do próprio peso da mama, as mobilizações inadequadas ou falta de mobilização que auxiliam um a formação normotrófica (normal/ esperada) dos tecidos subcutâneos que revestem a prótese mamária, ou nas cirurgias que tem a inserção da prótese e passaram por descolamentos e reposicionamentos dos tecidos mamários.


A qualidade destes tecidos também influem no formato, na textura, nas tensões das cicatrizes e em todo o conjunto que o fisioterapeuta que estuda a fundo os tecidos cicatriciais pode e deve controlar, prevenir e reabilitar. Para tal, é preciso muito mais que condutas protocoladas, sequenciadas e determinadas sem avaliações, reavaliações, individualização, atualização, capacitação e embasamento. É devido a falta de uma abordagem adequada e volta para a prevenção e reabilitação que muitos resultados são comprometidos, os índices de cirurgias corretivas aumentam, os gastos aumentam e nos casos mais graves resultam em depressão e deformidades.


Reabilitação não é redução de edema somente, resumir o pós operatório à redução de edema indicando a drenagem linfática e não uma abordagem específica é um dos motivos de alterações e insatisfações funcionais e estéticas. As condutas de massoterapia e aparelhos estéticos são indicados somente após a formação do tecido cicatricial (que pode levar alguns meses e deve ser respeitada), assim o retorno à algumas atividades são feitos aos poucos, a medida que o processo de cicatrização não está mais tão susceptível à alterações que podem comprometer os resultados.

Cada terapia tem seu tempo e seu momento.

4 visualizações

Entre em contato

com a gente

SHIS QI 05, Bloco D, Ed. Hangar 5 - Lago Sul

Brasília-Df. Cep: 71.615-485

fisioterapiathays@gmail.com

(61) 3365-1235   |   (61) 992828710  (61) 99672-9032